sábado, 9 de maio de 2015

Flores fúnebres de plástico

Na vila de Svalyava, situada nos Carpatos da Ucrânia, passámos por um monumento referente à Segunda Guerra Mundial (todas as cidades e vilas da Ucrânia têm algum memorial relativo à Guerra). Depois fomos a uma pequena igreja ortodoxa, que tinha um pequeno cemitério na parte de trás.

Tanto o memorial, quanto o cemitério estavam belíssimamente decorados com flores de cores deslumbrantes.
Mas depois de me aproximar das ditas flores, apercebi-me que estas eram todas feitas de plástico.
E pelo que entretanto me tenho vindo a aperceber, isto não é uma pecularidade da vila de Svalyava, mas sim de toda a Ucrânia.
É uma marca da antiga União Soviética, onde era normal adorar-se os mortos com flores de plásticos – o que é muito mais pratico, compram-se uma vez, e ficam bonitas e luzidias durante todo o ano.




Nos últimos anos, a igreja tem vindo a pregar contra esta tradição, mas é difícil mudarem-se usos e costumes que estão enraizados na população.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.